Pesquisar
Close this search box.
Logo NatcoFarma Colorido
paciente em consultório com oncologista evidenciando a importancia e quando procurar um oncologista

Quando procurar um oncologista?

Compartilhe esse post!

Quando procurar um oncologista? Esta é uma questão que pode surgir na mente de muitas pessoas quando se deparam com sintomas preocupantes ou diagnósticos médicos que levantam suspeitas de câncer. 

Neste cenário, a busca por um oncologista é um passo crucial em direção ao diagnóstico e tratamento adequado da doença. 

É pensando nisso que neste texto discutiremos quando procurar um oncologista, destacando a importância da detecção precoce e da consulta com um especialista para enfrentar o câncer de forma eficaz e com as melhores chances de sucesso. 

Vamos explorar os sinais de alerta, os exames que esse profissional pode solicitar e os tipos de tratamentos disponíveis.

O que faz um oncologista?

O oncologista diagnostica, trata e acompanha pacientes com câncer, sendo um profissional que cuida de todas as facetas do câncer com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e as chances de recuperação dos pacientes.

Ou seja, ele é um especialista fundamental na jornada contra o câncer e desempenha um papel crítico na gestão da saúde do paciente diagnosticado com esta doença.

Deste modo, desde o momento do diagnóstico, o oncologista assume a responsabilidade de guiar o paciente. 

Por isso é tão importante saber quando procurar um oncologista.

Esse guia é feito fornecendo informações vitais sobre a doença, seu estágio, as opções de tratamento para câncer disponíveis e como o plano de cuidados deve ser conduzido para alcançar o melhor prognóstico possível. 

Essa fase inicial é crucial para que o paciente compreenda plenamente sua condição e esteja preparado para enfrentar os desafios que virão.

Além disso, o oncologista desempenha um papel essencial no controle dos sintomas e dos efeitos colaterais do tratamento do câncer. 

Essa abordagem holística visa garantir que o paciente tenha a melhor qualidade de vida possível durante sua jornada de tratamento.

Justamente por isso é tão importante saber  quando procurar um oncologista, afinal, a expertise desse especialista é crucial para garantir o melhor tratamento possível e proporcionar o apoio necessário ao paciente durante o tratamento. Áreas de atuação do oncologista

No campo da oncologia, existem três principais áreas de atuação: clínica, cirúrgica e radioterapia. 

Conhecer cada uma dessas áreas é importante para saber quando procurar um oncologista e qual deles consultar.

Neste cenário, o oncologista clínico é especializado no tratamento do câncer com quimioterapia e outros medicamentos oncológicos, como terapia direcionada, hormonioterapia ou imunoterapia. 

A sua abordagem é abrangente, indo desde o cuidado direto ao paciente até a administração de tratamentos sistêmicos.

Já o cirurgião oncológico, por sua vez, desempenha um papel crucial na remoção de tumores e tecidos adjacentes por meio de cirurgia. 

Além disso, é responsável por realizar biópsias específicas que contribuem para o diagnóstico preciso do câncer.

Por fim, o rádio-oncologista utiliza a radioterapia como uma ferramenta poderosa no tratamento do câncer. 

O objetivo desta abordagem é destruir células cancerosas e retardar o crescimento do tumor, minimizando ao máximo o impacto no tecido saudável circundante. 

Quando a erradicação completa do câncer não é possível, a radioterapia pode ser indicada pelos oncologistas clínicos para reduzir o tamanho dos tumores e aliviar os sintomas, melhorando significativamente a qualidade de vida dos pacientes.

6 sintomas característicos para o diagnóstico de câncer para você ficar atento!

Abaixo, apresentamos seis sintomas característicos para o diagnóstico de câncer e que ajudam a esclarecer quando procurar um oncologista. 

Perda de peso repentina e sem motivo aparente

A perda de peso inexplicável é um sintoma comum associado ao câncer, principalmente quando não está relacionada a uma mudança no estilo de vida, como dieta ou exercícios.

Neste sentido, ela pode ocorrer devido a mudanças no sistema imunológico e metabólico, além de náuseas, vômitos, constipação, lesões na boca e perda do paladar. 

Em casos assim, esse é o momento de procurar um oncologista. 

Novos sinais ou lesões na pele

Lesões cutâneas que apresentam características irregulares, como mudanças na cor, assimetria, aumento de tamanho, elevação e escurecimento, são sinais de alerta. 

Nas mulheres com sintomas de câncer de mama, por exemplo, ocorrem alterações como: vermelhidão na pele, inchaço na mama, nódulos entre outros.

Além disso, irritações persistentes, feridas que não cicatrizam e manchas que se espalham na pele também devem ser monitoradas de perto, pois podem ser indicativos de câncer de pele ou outros tipos de câncer.

paciente e médico oncologista discutindo a respeito do valor da consulta e quando procurar um oncologista

Alterações no hábito intestinal ou urinário 

Mudanças no hábito intestinal, como constipação ou diarreia frequentes, e alterações no hábito urinário, como aumento ou redução da frequência para urinar, são sintomas que merecem atenção. 

No caso dos homens com mais de 50 anos, dificuldade para urinar, necessidade frequente de urinar ou pouca quantidade de urina podem ser sinais de câncer de próstata. 

Portanto, essa é a hora de procurar um oncologista e buscar uma avaliação médica.

Dispepsia (Indigestão)

A dispepsia, também conhecida como indigestão, pode ser um sintoma que indica câncer de esôfago ou estômago. 

Ela se manifesta como desconforto abdominal superior, sensação de queimação ou dor após as refeições. 

Quando a indigestão é persistente e não alivia com tratamentos habituais, é importante consultar um médico para investigar possíveis causas, incluindo o câncer.

Sangramento

O sangramento é um sintoma de alerta que pode se manifestar de diferentes maneiras. 

Ele pode ocorrer nas fezes, no vômito ou vaginal fora do período menstrual. 

E sangramentos inexplicáveis devem ser avaliados por um profissional de saúde, pois podem ser indicativos de câncer em várias partes do corpo, incluindo o trato gastrointestinal, o sistema reprodutivo ou outros órgãos.

Alterações  no órgão sexual masculino

Em homens, alterações na genitália, como dor, inflamação ou inchaço, são sintomas que requerem atenção médica e indicam quando procurar um oncologista.

Além disso, sintomas relacionados ao sistema urinário, como dificuldade para urinar, micção frequente ou baixa quantidade de urina, podem ser indicativos de câncer de próstata.

Nesses casos, é preciso buscar um diagnóstico e tratar a doença precocemente devido à sua rápida progressão.

o que significa oncologista

Quando procurar um oncologista?

A hora de procurar um oncologista é quando seu corpo apresenta alguns sintomas, que não são necessariamente determinantes, mas são característicos para o diagnóstico da doença e devem ser considerados sinais de alerta. 

Portanto, quando esses sintomas se manifestam, é aconselhável buscar a avaliação de um oncologista sem demora.

Esses sintomas característicos incluem:

  • a perda de peso repentina e inexplicável;
  • novos sinais ou lesões na pele com características irregulares;
  • mudanças no hábito intestinal ou urinário;
  • dispepsia (indigestão);
  • sangramento não explicado;
  • alterações no órgão sexual masculino.

É importante ressaltar que, embora esses sintomas possam não ser exclusivos do câncer e possam ter várias causas, eles são suficientes para justificar quando procurar um oncologista.

Destacamos que a avaliação precoce e o diagnóstico preciso são essenciais, pois podem aumentar significativamente as chances de eficácia no tratamento e, consequentemente, as chances de sobrevivência e cura do paciente oncológico.

No mais, apontamos que na maioria das vezes, o diagnóstico de câncer é identificado por médicos de diversas especialidades, como dermatologistas, ortopedistas, ginecologistas e outros, que não necessariamente são especialistas em oncologia. 

E isso destaca a relevância desses profissionais que, ao tratarem dos pacientes, precisam adotar uma abordagem holística, indo além dos limites de suas áreas de especialização.

Quais exames o oncologista costuma pedir?

Os exames que o oncologista costuma pedir são:

  • biópsias;
  • mamografias;
  • radiografia;
  • ressonância magnética;
  • tomografia computadorizada;
  • ultrassonografia;
  • exames de sangue, dependendo da neoplasia;
  • e outros.
oncologista cuida de que

Quais são os tipos de tratamento oncológico? 

Os tipos de tratamento oncológico são: 

  • quimioterapia;
  • radioterapia;
  • imunoterapia;
  • terapia alvo;
  • hormonioterapia;
  • transplante de medula óssea;
  • procedimento cirúrgico.

Conte com a Natcofarma para atender suas receitas com qualidade e confiabilidade.

Conclusão

Hoje a nossa missão era explicar a você quando procurar um oncologista, pois a consulta com esse profissional é uma etapa fundamental na jornada de enfrentamento do câncer. 

Como você viu, quando falamos sobre quando procurar um oncologista, os sintomas característicos, embora não determinantes, são indicativos de que é hora de marcar uma consulta.

Neste cenário, a detecção precoce desempenha um papel crucial na eficácia do tratamento e na perspectiva de cura do paciente oncológico.

Então, ao perceber qualquer um dos sinais de alerta que apresentamos neste artigo, não hesite em procurar um oncologista, pois a expertise desse especialista é fundamental para guiar o diagnóstico, o tratamento e o acompanhamento adequados.

Além disso, é importante destacar que muitas vezes o diagnóstico é realizado por médicos de diversas especialidades, ressaltando a importância de uma abordagem holística na área da saúde. 

E após tomar o primeiro passo de quando procurar um oncologista, em caso de suspeita, os exames solicitados pelo oncologista desempenham um papel crucial na confirmação do diagnóstico.

Além disso, existem diversas opções de tratamento oncológico disponíveis, desde quimioterapia e radioterapia até a imunoterapia e os procedimentos cirúrgicos. 

Portanto, ao enfrentar qualquer suspeita de câncer, conte com a orientação e o suporte de um profissional especializado para garantir o melhor caminho na luta contra a doença.

Lembre-se de que com a detecção precoce e o cuidado adequado, as chances de recuperação e cura aumentam consideravelmente, oferecendo esperança e qualidade de vida aos pacientes. 

E, para atender às suas necessidades de tratamento, a Natcofarma está à disposição para fornecer medicamentos genéricos com qualidade e confiabilidade.

Veja também:

Contato

Entre em contato conosco através de nossos canais de atendimento.